quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Remar Contra a Maré...

Estou farto de vozes maldizentes: que Portugal é uma merda, que assim o país não evolui, que isto e aquilo. Estou farto das matracas que não se calam e só sabem dizer mal de tudo e de todos: dos portugueses, do governo, dos ministros, dos políticos, dos juízes, da justiça, da saúde, dos professores, dos actores, dos futebolistas, da música, do cinema, do clima, da vizinha da frente e do homem do talho!!!!!!!!

7 comentários:

marta r disse...

Em síntese: estás é farto de nós todos!

Porque o que fizeste foi retratar este novo povo encantador e, simultaneamente, INSUPORTÁVEL!
(Nós incluídos)

Ana disse...

Infelizmente, ser português é isso mesmo: dizer mal de tudo (até do tempo!) e não fazer nada para mudar.

gnoveva disse...

sobre o tema, aconselho a leitura: http://esperobemquenao.blogspot.com/2008/01/at-quando.html

triss disse...

Quem fala mal de Portugal não sabe o que diz, ou antes, diz um chorrilho de disparates. Este país é um paraíso com todos os defeitos e qualidades:)
Nem sabem do que estão a falar meninos! Tenham juízo!

Vão dar uma voltinha a Africa e ao Medio Oriente e depois falamos ok?

Custódia C.C. disse...

Tenho cá para mim, que isso não se passa só aqui, neste cantinho da Europa ...

Capitão Gancho disse...

Rapaz, tiveste muito bem...na verdade isto sai sempre de boquinhas maravilhosas que mal põem o pézito fora do País, contam as horas e minutos para voltarem...

(meu filho isto é um País de fingidos...)

Um dia irremediavelmente a fatalidade bate-lhes á porta e, eles vão descobrir o que é verdadeiramente mau...

nelio disse...

tinha eu 17 anitos quando fiz o primeiro inter-rail, no comboio londres-dover um casal inglês perguntava a mim e ao meu companheiro de viagem o que tinhamos achado de inglaterra. depois de nós elogiarmos o que tínhamos visto, assistimos ao maior discurso anti-pátria que vi até hoje. para aquele casal nada em inglaterra era bom. é capaz d~e a doença não ser exclusivamente nossa...