segunda-feira, março 10, 2008

"Liberdade de Escolha"

"Era uma livraria que vendia um único livro. Havia 100 mil exemplares numerados do mesmo livro. Como em qualquer outra livraria os compradores demoravam-se, hesitando no número a escolher."

Gonçalo M. Tavares com o seu Senhor Brecht acompanharam-me nestas mini férias... e valeu mesmo a pena...

5 comentários:

Custódia C.C. disse...

Fico contente por saber :)
Bem vindo de novo à realidade :)

marta r disse...

Belo trecho este. Tem muitoooo que se lhe diga...

Akinogal disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
nelio disse...

pelo excerto, deve ser delicioso...
lamento informar-te que o comentário acima é mais um com link para site com vírus.

Suzi disse...

gosto de textos que nos fazem viajar...
e gosto de ter-te de volta, das tuas viagens de férias.
bem-vindo!!