quinta-feira, dezembro 18, 2008

Tricot & Boxe

Sempre ouvi dizer que tricotar relaxava. Aprendi, na escola, macramé e ponto cruz. Era giro, mas estava muito longe da perfeição. A renda de bilros tem o seu charme, mas parece-me terrivelmente complicada. Arraiolos é tradicional e também chique, mas a serapilheira faz-me espirrar. Na pintura e no desenho sou um desastre, o meu traço não é firme, nem recto. Na conjugação de cores faço inveja a qualquer daltónico. Gostei de trabalhar o barro, mas as figuras disformes que criava e a chafurdeira que fazia, mataram o sonho de vir a trabalhar numa olaria com um forno quentinho. Gostava de ter jeito de mãos, mas não tenho… Se tivesse aptidão para os trabalhos manuais, não só fazia os presentes de natal, como apaziguava a mente… Era bom, mas não é para mim. Posto isto, estou a pensar no boxe para descomprimir, também mete mãos, não?

3 comentários:

Custódia C.C. disse...

O rapaz passou-se de vez. O frio anda a fazer-te mal à moleirinha :)

1entre1000's disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
a mim parece-me excelente alternativa!

alerts disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
wholesale jewelry