segunda-feira, março 16, 2009

Say cheese!!!

Três da tarde: Graça, Lisboa. Um domingo quente e soalheiro. O céu límpido. O casario que desce até ao Tejo. O azul do rio e o rasto de espuma branca dos barcos. As esplanadas de toalhas coloridas e comensais no fresco da sombra. O amarelo dos eléctricos e as amendoeiras em flor. A roupa presa nos estendais e o velho que fuma um cigarro na minúscula varanda. Os turistas, de máquinas fotográficas em riste, registam o momento. Apareço, pelo menos, em quatro fotografias em grande plano e terei também a minha imagem imortalizada nuns dois ou três filmes de férias. É no que dá passear pelas belas zonas históricas da nossa cidade… Imagino os comentários: este parvo ficou mesmo à frente desta vista (isto em várias línguas...). Paciência!

5 comentários:

nelio disse...

:) depende. eu por exemplo gosto de fotografar os indígenas junto com os monumentos. isto para não falar de algumas indígenas locais que são elas próprias uns monumentos... mas à frente. há quem prefira fotos com pessoas, são mais autênticas.

marta r disse...

Acho que o comentário é mais "ora aqui está um belo exemplar deste povo tão ... sui generis... digamos assim"

nelio disse...

gostei do sui generis no comentário da marta.

Custódia C.C. disse...

:):):)
Com ou sem turistas estava óptimo para a badalação não estava ?

1entre1000's disse...

LOL, uma vedeta portanto!